Tocafitas

Retrospectiva 2008 – Parte I

Posted on: dezembro 16, 2008

Este ano tivemos ótimos discos lançados aqui em nossa terra, e entrando no espírito de final de ano, nada melhor que uma retrospectiva dos melhores. Talvez não os melhores, mas os lembrados e preferidos de quem vos escreve. Então se você não os ouviu ainda, não deixe para o ano que vem.

Para começar, o sensacional disco da Dissonantes, da qual já falamos aqui, intitulado “Cassino” e trazendo seu rock super iê-iê-iê: casino_dissonantes

Tracklist:
01. Quase Fui Te Procurar
02. Amor Retrô
03. Tua Cara
04. As Besteiras Que Eu Fiz
05. Garota do Chiclé
06. Casa da Molly
07. Rock Demodê
08. Eu Vou Te Enganar
09. Igual Aquele Dia
10. O Tal
11. Baby Nunca Mais
12. Qualquer Coisa em Você
13. Você Não Soube Amar
14. Caso Eu Roube Você
.
_

“La Cación Inesperada” de ninguém menos que Wander Wildner. Um clássico com regravações de bandas do sul, disco que o Wander deixou um pouco de lado seu punkbrega e trouxe uma mistura de rock com a música nativista.la-cancion-inesperada_wander

.
Tracklist:
01. Um Bom Motivo
02. La Canción Inesperada
03. Os Pistoleiros
04. Porta Retratos
05. Amigo Punk
06. Bocomocamaleão
07. Wynona
08. Without You
09. Filme Chinês
10. O Reverendo Rock Gaúcho
11. Mares De Cerveja
12. En Su Corazón
.
.
.
.
_

O Moptop lançou seu segundo disco: “Como Se Comportar”, do qual falamos aqui e aqui. Disco com uma pegada muito parecida com o primeiro, com um rock simples, porém um trabalho mais maduro. Ficou realmente bom.

moptop-como_se_comportar

.
 .
Tracklist:
01. Aonde Quer Chegar
02. Contramão
03. Como Se Comportar
04. Desapego
05. Eu Avisei
06. Bom Par
07. Malcuidado
08. Beijo de filme
09. Adeus
10. 2046
11. História Pra Contar
12. Bonanza

.

_

Continua… Até breve,

Luís.

Anúncios

2 Respostas to "Retrospectiva 2008 – Parte I"

O disco dos Dissonantes me surpreendeu muito. A primeira vez que ouvi a banda, ainda não tinha o “Cassino”, não curti muito. No máximo eu achei legalzinha. Mas hoje a banda tá aqui na minha lista das favoritas. Letras sem compromisso e som de alta qualidade.

Moptop eu já conheço desde o comecinho mesmo. Esse disco mostra muito bem a evolução musical da banda, um som mais concentrado e detalhado. O primeiro disco também não deixa a desejar, tem aquele som cru do rock de garagem, que é uma maravilha.

Wander Wildner eu conheci tem pouco tempo, desse disco eu gostei muito da “Mares De Cerveja”. Animador.

Fiz quase um post, mas é isso.

🙂

hahaha eu até que gosto de rocks iê-iê-iê hauhauahua

Mas vou baixar este aí do Dissonantes

😀

valeu pela dica

:*

PS: achei sei blog pela comunidade do twitter hehhehe

:*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: